quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Mensagem do dia 05 de janeiro

AMIGO, SÓ GRATIDÃO, É POUCO!

Obrigado por acreditar em mim, quando eu achei difícil acreditar em mim mesmo. Obrigado por dizer, algumas vezes, o que eu realmente precisava ouvir, em vez do que eu queria que você dissesse, e por ter me mostrado um outro lado a considerar. Obrigado por se abrir comigo, por me confiar seus pensamentos, suas decepções e seus sonhos, por saber que você pode contar comigo e por ter pedido minha ajuda quando precisou dela.

Obrigado por ter posto tanta sabedoria, cuidado e imaginação na nossa amizade, por compartilhar tantas coisas boas e por marcar tantas lembranças sobre nós. Obrigado por sempre ser honesto comigo, ser gentil e sempre presente quando necessito. Obrigado por ser um amigo e tanto para mim, de tantas diferentes e significativas formas. Obrigado!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Mensagem do dia 04 de dezembro

Existe alguém muito especial que está querendo lhe encontrar. Por mais que ela anseie esse encontro você tem estado muito ocupado com trabalho, amigos e outras coisas do dia-a-dia para notá-la... tem tido pouco tempo. Saiba que muita coisa na vida não é tão importante quanto imaginamos, e que pressa demais não vai lhe dar um minuto sequer a mais de vida.

Pare um pouco! Pense! Descobrirá a pessoa que mais precisa do seu perdão, com quem mais necessita compartilhar seus problemas. Fardos compartilhados sempre se tornam mais fáceis de carregar. Se está cego de paixão a ponto de perder o amor próprio: feche os olhos! As vezes de olhos fechados vemos muito mais longe. Talvez aí se enxergue.

Ninguém, nem nada no mundo vai lhe completar enquanto você não for suficiente para você mesmo. Enquanto não se conhecer. Não conhecer de aparência, pois como diz o ditado "as aparências enganam", mas se conhecer de verdade. A opinião dos outros e mesmo a nossa são pistas, mas nunca a essência do que somos. Essa, na verdade, nunca descobriremos. É talvez isso que torna ainda mais apaixonante a busca de si mesmo: sempre descobrimos que há algo a mais a descobrir.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Mensagem do dia 03 de dezembro

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no íntimo da sua alma e agradecer a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar "eu errei". É ter ousadia para dizer "me perdoe". É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você". É ter capacidade de dizer "eu te amo".

Que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz. E, quando errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida. E descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência. Jamais desista de si mesmo! Jamais desista das pessoas que você ama. Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível. E você é um ser humano especial!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Mensagem do dia 02 de janeiro

A idade de ser feliz
de Mário Quintana

Existe somente uma idade para a gente ser feliz. Somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-los, a despeito de todas as dificuldade e obstáculos. Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo nem culpa de sentir prazer. Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida à nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores. Tempo de entusiasmo e coragem em que todo desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo novo, de novo e de novo, e quantas vezes for preciso. Essa idade, tão fugaz na vida da gente, chama-se PRESENTE, também conhecida como AGORA ou JÁ e tem a duração do instante que passa...