terça-feira, 9 de setembro de 2014

Mensagem do dia 09 de setembro

Aprendi que de nada serve ser luz se não posso iluminar o caminho dos demais.
Aprendi também que de nada serve saber se não posso compartilhar e legar o conhecimento. Que para multiplicar o pão de cada dia, é preciso dividi-lo.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim continuar a subida.
Aprendi que a vitória duradoura não vem de sopetão. Ela é conquistada por etapas.
Eu subi rápido demais, alto demais!
Vi que na luta pelos meus objetivos, o maior é lutar.
E que são os caminhos sofridos que nos amadurecem e domam.
Aprendi que posso fazer qualquer coisa e arcar com a responsabilidade das quedas.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade para aprender a achar soluções.
Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de recomeçar.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Aprendi que as palmeiras altas e eretas, nos dão uma lição de dignidade e postura, diante das intempéries da vida.
Aprendi que o melhor triunfo que posso ter, é ter o direito de chamar alguém de “amigo”. Descobri que o amor é mais que um simples estado enamorado, “o amor é uma decisão de vida”.
Vi que não estava protegendo bem aqueles que eu amo. Quando o bem é precioso demais, todo zelo é pouco.
Texto de frei Osmar Otávio Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário